Casa

Cinco receitas incomuns com panela de pressão

panela de pressão ocupa posição de destaque na cozinha. Um utensílio muito útil, pois economiza tempo e agrega vida aos alimentos. Qualquer pessoa que goste de se aventurar à frente do fogão ou sonha com uma ou já a tem como parte da família, porque o benefício é excelente.

Entretanto, pela praticidade, a maioria das receitas realizadas no equipamento segue a tradição, com uma carne aqui ou acolá, ou o bom e velho feijão. Decidimos então apresentar cinco maneiras diferentes e saborosas de utilizar sua panela de pressão, com resultados deliciosos.

Um dia frio, um bom lugar…

…para usar sua panela e fazer um creme

Creme na pressão? Sim. Com ingredientes práticos e baratos, pode se obter uma deliciosa iguaria para as noites de frio. Duzentos gramas da abóbora, igual parte de mandioquinha, duas xícaras e meia d´água, cinquenta gramas de patinho, dois dentes de alho e uma cebola média, com uma colher de sopa de azeite, sal e cheiro verde a gosto.

Refogando o azeite, o alho e a cebola picados até dourar, para depois acrescentar o patinho. Junte a abóbora e a mandioquinha picadas, adicione água e sal e cozinhe por quinze minutos. Bata os ingredientes no liquidificador, decore com o cheiro verde e bom apetite.

Arroz na pressão, soltinho, gostoso, prático

arroz-legumes

Arroz é aquele acompanhante garboso da refeição, como se fosse um guarda-costas, um coadjuvante que ganha Oscar. Mas pode, também, virar o prato principal, como nessa receita com carne seca, cebola, pimentão vermelho e verde, cenoura, caldo de legumes, sal, pimenta e salsa.

Aqueça o óleo e refogue uma cebola picada, duzentos e cinquenta gramas de carne seca dessalgada, juntamente com os pimentões verde e vermelho – pequenos –  uma cenoura cortada em cubos e duas xícaras de chá de arroz. Acrescente quatro xícaras de chá de caldo de legumes, o sal e a pimenta a gosto.

Assim que pegar a pressão, deixe cozinhar por quatro minutos. Deligue o fogo, deixe a pressão cessar e abra a panela. Coloque em uma travessa e sirva. O arroz fica livre, leve e solto.

Tudo acaba em pizza. Inclusive na pressão

“Pizza na panela de pressão?”, você pode estar se perguntando. A resposta é sim. E ainda fica muito gostoso, diga-se de passagem.

Com meio quilo de farinha de trigo, um tablete de fermento para pão, uma pitadinha de açúcar para rebater a acidez, um copo d ´água, um ovo, três colheres de sopa de óleo, uma colherinha de sal, uma xícara de chá molho de tomate, duzentos gramas de mozarela em fatias, a mesma medida de presunto picado, orégano e azeitonas a gosto, a alquimia se faz.

O elenco é grande, mas o enredo é saboroso. Coloque a farinha em uma tigela, faça um buraco no meio e adicione o fermento, o açúcar, metade do copo d´água, o ovo, o óleo e o sal. Misture. Caso sinta necessidade, adicione mais água, até a massa dar ponto de abrir. Divida-a em seis partes e deixe crescer por uma hora.

Coloque um fio de azeite no fundo na panela de pressão.  Abra a massa em discos bem finos. Pincele com o molho de tomate, espalhe a mozarela, o presunto, o tomate e a azeitona e polvilhe com orégano. Tampe a panela, dê pressão e cozinhe por sete minutos. Desligue o fogo e deixe a pressão ceder. Sirva em seguida, com um fio de azeite. Rende seis porções.

Não existe amor sem macarrão

A panela de pressão pode auxiliar no romantismo de um jantar à luz de velas, acompanhado de uma bela massa e um bom vinho. No caso em questão, um macarrão primavera, requintado, mas rápido e de fácil execução.

Com trezentos gramas de penne, duas xícaras de frango cortado em cubinhos, um dente de alho amassado, duas colheres de sopa de óleo, uma colherinha de colorau, duas xícaras de chá de água, um pimentão vermelho, verde e amarelo cortado em tirinhas, assim como uma abobrinha, uma xícara de chá de ervilhas e uma lata de creme de leite, salsa e queijo parmesão a gosto, seu encontro romântico-gastronômico está garantido.

Misture o frango com o alho, o sal, a pimenta e o colorau. Guarde por duas horas na geladeira. Após, aqueça o óleo na panela de pressão e doure o frango, mexendo por seis minutos, aproximadamente; acrescente a água, o macarrão, os pimentões, a abobrinha e a ervilha, misturando bem. Tampe a panela, aguarde a pressão e deixe ferver por três minutos.

Abra a panela e misture o creme de leite. Polvilhe com a salsa e o parmesão ralado a gosto e sirva.

E a sobremesa?

Para fechar essas receitas incomuns, nada melhor que uma sobremesa. Uma canjica, que tal? Canjica, conhecida no Nordeste como mungunzá. Um pacote de milho branco, quatro litros e meio d´água, uma xícara de chá de leite de coco, uma xícara de chá de leite, duas xícaras e meia de açúcar, canela em pó e amendoim torrado a gosto.

Em uma tigela, coloque três litros d´água, o milho branco e deixe em repouso por um dia inteiro. Escorra a água e coloque o milho na panela de pressão, juntamente com o litro e meio de água restante. Cozinhe em fogo alto até apitar. Então reduza a chama para o mínimo e deixe por mais cinquenta minutos ou até o milho ficar macio.

Lave a panela ainda fechada em água corrente, até sair todo o vapor. Após, abra e escorra o líquido. Coloque o milho de volta à panela e ao fogo, junte os demais ingredientes e mexa com uma colher de pau, até a mistura ficar cremosa. Desligue. Pode ser servida quente ou fria, polvilhada com canela e amendoim torrado.

Com essas receitas, todo um mundo novo se abre para sua panela de pressão. E se ela era uma das estrelas de sua cozinha, agora vai brilhar cada vez mais. E você também.

Referências: http://mdemulher.abril.com.br/receitas/ana-maria/30-receitas-incriveis-feitas-na-panela-de-pressao

Para dicas e inspirações acesse nosso Pinterest  e acompanhe nosso Instagram @oblogdecasamento

[ssba]
Bebidas

Drinks para entrar na folia!

Sabemos que o carnaval é uma das épocas mais esperados do ano! E para entrarmos no clima de festa, nada melhor que iniciarmos com os deliciosos drinks que selecionamos!

Escolhemos 3 receitas de drinks, com ou sem álcool, super refrescantes que além de saborosos, já te deixam no clima de folia. Escolha o seu favorito e aproveite para beber junto com aquela pessoal especial, família ou amigos!

DRINK PICANTE
Receita: Em uma coqueteleira, coloque 6 pedaços de melancia sem caroço e as
amasse com o auxílio de um macerador até obter a consistência de um suco.
Depois, adicione gelo, suco de meio limão e mel a gosto.
Para dar uma apimentada no seu drink, acrescente um pequeno pedaço de pimenta
jalapeño sem as sementes e a agite.
Agora coe e sirva em uma taça esfriada previamente.

DRINK MIMOSA
Receita: Os drinks com frutas também não precisam ser superelaborados e
podem te ajudar a refrescar-se nesta época quente de Carnaval.
A bebida nomeada “mimosa”, por exemplo, é bem fácil de fazer.
Basta misturar champanhe e suco de laranja e para deixar bem geladinha
fazer uns cubinhos de gelo com o suco.
Uma delícia!

CAIPIRINHA DE BAILE DE GALA
Receita: Coloque o abacaxi cortado em cubos pequenos no copo.
Acrescente o maracujá, depois o suco de limão-siciliano e o melaço . Macere as frutas e mexa cuidadosamente para incorporar. Adicione a cachaça e gelo a gosto, misture delicadamente e sirva.

Para dicas e inspirações acesse nosso Pinterest  e acompanhe nosso Instagram @oblogdecasamento

[ssba]
Casamento Real

Casamento Real – Fábio e Ana Lúcia

Quem disse que amor de carnaval não passa da quarta-feira de cinzas?

O Fábio e a Ana Lúcia são a prova viva de que o carnaval pode ser um ótimo cupido!

Olhem essa história:

Em 1998, Fábio e Ana se conheceram na academia. Ana Lúcia era professora na academia onde Fábio treinava. Fizeram amizade, porém nada aconteceu de primeira, pois Fábio saiu do país para fazer intercambio.

Um ano depois, no carnaval de Salvador de 1999, os dois se reencontraram na piscina do hotel. Conversaram um pouco, porém como fazia muito tempo que não se viam foi uma conversa um tanto quanto… rasa, esquisita de duas pessoas que não sabem o que falar uma para a outra. Encerraram o assunto logo e foi cada um para sua turma.

No meio do trio, Ana apareceu com uma amiga dizendo que ela queria ficar com o Fábio. Ele, porém, pensou e percebeu que ele queria mesmo era ficar com a Ana Lúcia. Então sem pensar duas vezes puxou a amada e deu-lhe um beijão, para então passarem o resto do dia juntos.

No dia seguinte eles se encontraram novamente no trio e Fábio teve certeza que encontrou o amor da vida dele. Por isso pediu Ana Lúcia em casamento no meio do bloco e disse que eles se casariam em um trio elétrico. Ela, claro, achou aquilo uma doideira, mas continuaram juntos naquele carnaval.

Acabaram as festas e eles continuaram se encontrando em São Paulo, 6 meses depois estavam noivos.

Então, para realizar a promessa que tinha feito a Ana Lúcia, Fábio mexeu seus pauzinhos e na segunda-feira de carnaval de Salvador no ano de 2000, eles estavam celebrando com amigos e um público de mais de 30 mil pessoas uma cerimônia simbólica, com ninguém mais, ninguém menos que Bel Marques (naquela época vocalista do grupo Chiclete com Banana) como cerimonialista.

Desde então até hoje, passam o carnaval juntos e com seus filhos em Salvador!

 

E aí? O que acharam da história?

Conhecem mais alguma história de amor que o carnaval teve um papel importante? Conta aqui nos comentários pra gente!

Para dicas e inspirções acesse nosso Pinterest  e acompanhe nosso Instagram @oblogdecasamento

[ssba]
  1. ...
  2. 3
  3. 4
  4. 5
  5. 6
  6. 7
  7. ...