Arquivo de ‘Dicas’

Decoração de banheiro – Um novo ambiente na sua casa

Ganhe um novo espaço de descanso em sua casa: o banheiro

Decoração de banheiro - Um novo ambiente na sua casa


Depois de um dia cheio ou daqueles dias quentes e abafados, poucas coisas caem tão bem como um banho longo e relaxante. O cuidado na decoração e na organização deste cantinho todo especial podem ampliar ainda mais sua sensação de bem estar.

E o melhor: você não precisa gastar muito para transformar seu banheiro. Pequenos cuidados ao escolher os móveis e alguns truques garantem um espaço gostoso e organizado para sua casa.

Espelho: a mágica que amplia espaços

Espelhos ampliam a noção de espaço


Usar espelhos para ampliar ambientes é um truque antigo de decoração, mas que funciona sempre. Bem posicionado, ele dá sensação de amplitude e até ajuda na iluminação do cômodo. Como espelhos não costumam ser peças baratas, priorize gabinetes e armários que já venham com a peça. O benefício é duplo: você garante que o espelho tenha total sintonia com o móvel escolhido e ainda economiza!

Outra dica que ajuda a dar esta sensação de amplitude é escolher cores claras para as paredes e mobília. E aproveite os objetos do dia a dia – como toalhas, porta escovas e saboneteiras – para criar pontos de cor que vão dar vida ao ambiente. Velas perfumadas, potes coloridos, cestos de organização e pequenos vasos de flores ou plantas complementam o ambiente e tornam seu banheiro um espaço de total relaxamento e descanso.

A organização com toques decorativos

Apesar do banheiro atualmente ter ido muito além da questão funcional, a organização é um fator decisivo até do ponto de vista da decoração. Afinal, fica muito mais fácil relaxar quando o ambiente está organizado.

Ao escolher os móveis do banheiro, opte por bancadas. Elas ajudam na organização dos produtos que você usa diariamente – se puder colocar a cuba (a famosa pia) em um dos cantos, melhor ainda.

Uma boa opção para ganhar espaço é abusar dos armários aéreos com portas de vidro ou de espelhos. Assim você amplia a circulação e ganha espaço para guardar objetos, toalhas e produtos.

Pequenos truques que transformam

Caso você esteja apenas pensando em revitalizar seu já cansado banheiro, pequenos truques podem mudar o clima do ambiente. Trocar os puxadores dos móveis, por exemplo, rejuvenesce e dá outra cara às já tão conhecidas peças. Trocar ou colocar molduras novas nos espelhos antigos são uma ótima pedida para mudar muito sem precisar de grandes reformas.

Pintar os azulejos também é uma opção para mudar seu banheiro sem muita sujeira e gastos. Dê preferência às específicas para banheiros, que contém substância anti-mofo. Você pode também usar revestimento vinílico, papeis de parede resistentes à água ou laminados.

Outro truque rápido – e também ótimo para apartamentos alugados, que não comportam mudanças drásticas – são os adesivos. Hoje em dia você já encontra adesivos prontos já no tamanho certo dos azulejos. A aplicação é rápida e não requer ferramentas ou conhecimentos específicos. Basta um paninho úmido e um pouco de paciência para seu banheiro ganhar vida nova.

Agora é com você: aproveite para colocar essas dicas em prática e tornar seu banheiro um ambiente ainda mais charmoso e relaxante. O prazer será todo seu!

Para dicas e inspirações acesse nosso Pinterest  e acompanhe nosso Instagram @oblogdecasamento

EXISTE DIFERENÇA ENTRE GELADEIRA E REFRIGERADOR?

Dizem que “amigo” é aquele que chega à sua casa e pede permissão para pegar algo na geladeira, já o VERDADEIRO AMIGO vai logo abrindo a geladeira e ainda reclama que ela está vazia. Você já deve ter ouvido isso e, muito provavelmente, concorda em gênero, número e grau. Até porque, esse é aquele tipo de eletrodoméstico que auxilia demais na socialização, desde que não esteja vazio de fato :D.

Agora, você já se imaginou repetindo àquele mesmo pensamento acima, mas trocando o termo geladeira por refrigerador? Soaria tão formal quanto o amigo que faz cerimônia para lhe pedir um copo d’água, por exemplo. E o X da questão é justamente esse: geladeira e refrigerador são palavras sinônimas, utilizadas para denominar a mesmíssima coisa, o famoso eletrodoméstico utilizado para conservar alimentos.

Fiz uma rápida pesquisa em um grupo de whatsapp, com alguns amigos da minha faixa etária (30-35 anos), e todos responderam que sempre utilizam o termo geladeira, assim como eu. Isso só comprova que a palavra “refrigerador” não está relacionada a uma ideia de modernidade e nem “geladeira” à antiguidade, trata-se apenas de uma questão de popularidade. A palavra geladeira é, de fato, o termo mais usual aqui no Brasil.

Na verdade, o que vem se modernizando é o eletrodoméstico. Quem, da minha faixa etária ou mais, não se recorda daquelas geladeiras de uma porta com uma caixa de gelo na parte superior, que precisava ser descongelada com uma frequência absurda?

Hoje em dia, limpar a geladeira está longe de ser um grande trabalho doméstico, afinal a maioria dos novos modelos já nem costuma formar gelo, logo, não precisa ser descongelada. Além disso, o design avançou significativamente, tornando este eletrodoméstico não apenas um item para conservar alimentos, mas uma peça que agrega muito valor à decoração do ambiente.

GELADEIRA DE 1 PORTA

As geladeiras de uma porta não saíram de linha, apenas se modernizaram e são muito utilizadas por pessoas solteiras ou casais sem filhos. Isso porque, este modelo geralmente possui capacidade entre 220 e 350 litros, o que é suficiente para esse tipo de público. Como os apartamentos estão cada vez mais reduzidos, a geladeira de uma porta se encaixa perfeitamente nesse tipo de ambiente, já que não ocupa muito espaço.

Com um design mais simples, as geladeiras de uma porta dispõem da famosa caixa congeladora na parte superior, que podem precisar ser descongeladas eventualmente. Os tipos de degelos mais comuns nessa categoria de refrigerador são: o degelo manual, no qual a geladeira precisa ser desconectada da tomada para que o gelo acumulado se desfaça; e o degelo semiautomático, em que o aparelho não precisa ser desligado, bastando apenas acionar o botão e deixar que o processo de degelo seja concluído para realizar a limpeza da gaveta.

Mas, há muitos modelos de uma porta que já contam com inúmeros recursos mais modernos e bastante funcionais. Um deles é a tecnologia Frost Free, tão desejada pelos consumidores, já que a geladeira não precisa ser descongelada nunca. Outro recurso muito interessante é o dispenser de água, um compartimento que fica na porta para você se servir com água gelada sem precisar abrir a geladeira.

MODELO DUPLEX – 2 PORTAS

geladeira 2 portas

Uma família média (composta por 4 pessoas, por exemplo) geralmente precisa armazenar mais itens na geladeira, dessa forma, os modelos com até 500 litros de capacidade são perfeitos para atender toda essa demanda. As geladeiras duplex, compostas por duas portas (uma para o refrigerador e outra para o freezer) se encaixam perfeitamente nessa categoria, pois possuem muito mais espaço – tanto de armazenamento quanto de congelamento.

Além do design deste modelo duplex já ser bastante moderno e sofisticado, muitos ainda contam com display digital, que, além de deixar o eletrodoméstico mais apresentável, ainda permite que você controle com um simples toque as mais diversas funcionalidades existentes no aparelho, tudo com a máxima praticidade e precisão.

REFRIGERADOR INVERSE

geladeira duplex inverse

Agora se, além de possuir duas portas, o refrigerador que você busca precisa ser inteligente, deixando os itens mais usuais ao alcance da sua visão e das suas mãos, saiba que este modelo já existe e faz, de fato, o maior sucesso. Estamos falando da geladeira Inverse, um modelo muito bem pensado que, como o próprio nome já denuncia, possui a posição das portas invertida. Sendo assim, o freezer (menos utilizado no dia a dia) fica na parte de baixo e o refrigerador (acionado várias vezes por dia), fica em cima.

Disponível em várias cores e com diferentes capacidades de armazenamento, este modelo de refrigerador ainda dispõe de inúmeras funcionalidades extras. Dispenser de água e gelo, painel eletrônico, compartimento exclusivo para taças são apenas alguns dos vários recursos que você poderá encontrar nas geladeiras Inverse. Escolha os que mais atendem as suas necessidades e deixe a sua cozinha muito mais moderna!

REFRIGERADORES SIDE BY SIDE E FRENCH DOOR

geladeira 2 portas verticais

Há modelos de geladeira que são verdadeiros sonhos de consumo, dada à alta tecnologia que dispõe, ao design com que foi projetada e ao alto custo de investimento. O Refrigerador do tipo Side By Side é um grande exemplo disso. Composta por duas portas, que, diferentemente da duplex, não ficam uma abaixo da outra e sim lado a lado, esta geladeira possui alta capacidade de armazenamento (mais de 500 litros) e recursos extremamente avançados. Logo, se você possui uma família numerosa, gosta de receber muitos amigos e ainda promove muitas festinhas em casa, saiba que esse é um investimento que valerá bastante a pena.

E se a Side By Side é uma grande evolução das geladeiras duplex, o Refrigerador French Door é uma junção do que há de melhor nos modelos de duas portas e Inverse. Isso porque esse tipo de geladeira geralmente conta com 3 portas (duas superiores, posicionadas lado a lado, para a geladeira e uma inferior para o freezer). Além disso, existem modelos em que o freezer possui 2 gavetas, ao invés de 1 porta.

GELADEIRA CYCLE DEFROST: UMA BOA ALTERNATIVA PARA QUEM PRECISA ECONOMIZAR

geladeira tecnologia cycle defrost

Já sabemos que a pior parte de ter uma geladeira com degelo manual é o fato de ter que descongelá-la periodicamente para utilizar a capacidade máxima do seu congelador, e é justamente por isso, que os modelos Frost Free têm sido a opção mais procurada pelos consumidores. No entanto, nem sempre é possível encontrar uma geladeira com degelo automático com um preço extremamente acessível.

Pensando nisso, as grandes marcas de refrigeradores passaram a desenvolver um modelo de geladeira que também garante praticidade ao dia a dia do consumidor e ainda o faz economizar bastante. Estamos falando das geladeiras do tipo Cycle Defrost, onde o gelo é acumulado de forma muito mais lenta e o degelo precisa ser realizado somente a cada 6 meses. Outra grande vantagem desse refrigerador, além do preço mais baixo, é que o congelador costuma ser bastante espaçoso.

Cinco receitas incomuns com panela de pressão

panela de pressão ocupa posição de destaque na cozinha. Um utensílio muito útil, pois economiza tempo e agrega vida aos alimentos. Qualquer pessoa que goste de se aventurar à frente do fogão ou sonha com uma ou já a tem como parte da família, porque o benefício é excelente.

Entretanto, pela praticidade, a maioria das receitas realizadas no equipamento segue a tradição, com uma carne aqui ou acolá, ou o bom e velho feijão. Decidimos então apresentar cinco maneiras diferentes e saborosas de utilizar sua panela de pressão, com resultados deliciosos.

Um dia frio, um bom lugar…

…para usar sua panela e fazer um creme

Creme na pressão? Sim. Com ingredientes práticos e baratos, pode se obter uma deliciosa iguaria para as noites de frio. Duzentos gramas da abóbora, igual parte de mandioquinha, duas xícaras e meia d´água, cinquenta gramas de patinho, dois dentes de alho e uma cebola média, com uma colher de sopa de azeite, sal e cheiro verde a gosto.

Refogando o azeite, o alho e a cebola picados até dourar, para depois acrescentar o patinho. Junte a abóbora e a mandioquinha picadas, adicione água e sal e cozinhe por quinze minutos. Bata os ingredientes no liquidificador, decore com o cheiro verde e bom apetite.

Arroz na pressão, soltinho, gostoso, prático

arroz-legumes

Arroz é aquele acompanhante garboso da refeição, como se fosse um guarda-costas, um coadjuvante que ganha Oscar. Mas pode, também, virar o prato principal, como nessa receita com carne seca, cebola, pimentão vermelho e verde, cenoura, caldo de legumes, sal, pimenta e salsa.

Aqueça o óleo e refogue uma cebola picada, duzentos e cinquenta gramas de carne seca dessalgada, juntamente com os pimentões verde e vermelho – pequenos –  uma cenoura cortada em cubos e duas xícaras de chá de arroz. Acrescente quatro xícaras de chá de caldo de legumes, o sal e a pimenta a gosto.

Assim que pegar a pressão, deixe cozinhar por quatro minutos. Deligue o fogo, deixe a pressão cessar e abra a panela. Coloque em uma travessa e sirva. O arroz fica livre, leve e solto.

Tudo acaba em pizza. Inclusive na pressão

“Pizza na panela de pressão?”, você pode estar se perguntando. A resposta é sim. E ainda fica muito gostoso, diga-se de passagem.

Com meio quilo de farinha de trigo, um tablete de fermento para pão, uma pitadinha de açúcar para rebater a acidez, um copo d ´água, um ovo, três colheres de sopa de óleo, uma colherinha de sal, uma xícara de chá molho de tomate, duzentos gramas de mozarela em fatias, a mesma medida de presunto picado, orégano e azeitonas a gosto, a alquimia se faz.

O elenco é grande, mas o enredo é saboroso. Coloque a farinha em uma tigela, faça um buraco no meio e adicione o fermento, o açúcar, metade do copo d´água, o ovo, o óleo e o sal. Misture. Caso sinta necessidade, adicione mais água, até a massa dar ponto de abrir. Divida-a em seis partes e deixe crescer por uma hora.

Coloque um fio de azeite no fundo na panela de pressão.  Abra a massa em discos bem finos. Pincele com o molho de tomate, espalhe a mozarela, o presunto, o tomate e a azeitona e polvilhe com orégano. Tampe a panela, dê pressão e cozinhe por sete minutos. Desligue o fogo e deixe a pressão ceder. Sirva em seguida, com um fio de azeite. Rende seis porções.

Não existe amor sem macarrão

A panela de pressão pode auxiliar no romantismo de um jantar à luz de velas, acompanhado de uma bela massa e um bom vinho. No caso em questão, um macarrão primavera, requintado, mas rápido e de fácil execução.

Com trezentos gramas de penne, duas xícaras de frango cortado em cubinhos, um dente de alho amassado, duas colheres de sopa de óleo, uma colherinha de colorau, duas xícaras de chá de água, um pimentão vermelho, verde e amarelo cortado em tirinhas, assim como uma abobrinha, uma xícara de chá de ervilhas e uma lata de creme de leite, salsa e queijo parmesão a gosto, seu encontro romântico-gastronômico está garantido.

Misture o frango com o alho, o sal, a pimenta e o colorau. Guarde por duas horas na geladeira. Após, aqueça o óleo na panela de pressão e doure o frango, mexendo por seis minutos, aproximadamente; acrescente a água, o macarrão, os pimentões, a abobrinha e a ervilha, misturando bem. Tampe a panela, aguarde a pressão e deixe ferver por três minutos.

Abra a panela e misture o creme de leite. Polvilhe com a salsa e o parmesão ralado a gosto e sirva.

E a sobremesa?

Para fechar essas receitas incomuns, nada melhor que uma sobremesa. Uma canjica, que tal? Canjica, conhecida no Nordeste como mungunzá. Um pacote de milho branco, quatro litros e meio d´água, uma xícara de chá de leite de coco, uma xícara de chá de leite, duas xícaras e meia de açúcar, canela em pó e amendoim torrado a gosto.

Em uma tigela, coloque três litros d´água, o milho branco e deixe em repouso por um dia inteiro. Escorra a água e coloque o milho na panela de pressão, juntamente com o litro e meio de água restante. Cozinhe em fogo alto até apitar. Então reduza a chama para o mínimo e deixe por mais cinquenta minutos ou até o milho ficar macio.

Lave a panela ainda fechada em água corrente, até sair todo o vapor. Após, abra e escorra o líquido. Coloque o milho de volta à panela e ao fogo, junte os demais ingredientes e mexa com uma colher de pau, até a mistura ficar cremosa. Desligue. Pode ser servida quente ou fria, polvilhada com canela e amendoim torrado.

Com essas receitas, todo um mundo novo se abre para sua panela de pressão. E se ela era uma das estrelas de sua cozinha, agora vai brilhar cada vez mais. E você também.

Referências: http://mdemulher.abril.com.br/receitas/ana-maria/30-receitas-incriveis-feitas-na-panela-de-pressao

Para dicas e inspirações acesse nosso Pinterest  e acompanhe nosso Instagram @oblogdecasamento