Dicas

CASAMENTO NO INVERNO: DICAS PARA UMA CERIMÔNIA ACONCHEGANTE

Por Paula Merllo

Você piscou, e já estamos no inverno! Chegamos à estação mais fria do ano e, pensando nisso, decidimos trazer algumas dicas para você que está de casamento marcado ou que sonha em se casar nesta época. Afinal, apesar de as temperaturas mais baixas não agradarem a todos, não podemos negar que o friozinho tem seu charme. E, com um bom planejamento, você pode utilizar este charme ao seu favor e criar um evento inesquecível. Vem ver como!

Ambiente e decoração

Um dos principais fatores que devem ser levados em conta ao planejar uma festa nesta época do ano é o conforto dos convidados. É importante criar um ambiente aconchegante e isto pode ser feito de diversas maneiras. Uma delas é a iluminação. Luzes mais baixas, principalmente em tons amarelados, ajudam a tornar o ambiente mais acolhedor e trazem a sensação de aquecimento. As velas também são grandes aliadas para isso e, ainda, ficam lindas na decoração!

Tapetes e móveis de madeira são outros elementos que tornam a decoração mais aconchegante.

E, quando falamos sobre decoração de casamentos, não podemos esquecer das flores! Nesta época do ano, é possível encontrar opções lindas, como orquídeas, copo de leite, gérbera, rosas e tulipas.

Além da decoração, é importante pensar em formas de manter o local aquecido, principalmente se o casamento for realizado em uma região onde as temperaturas são mais baixas. O aluguel de aquecedores pode resolver este problema. Se a cerimônia for ao livre, uma boa ideia é disponibilizar xales ou mantas para os convidados.

Comidas e bebidas

Nada melhor que uma comida quentinha para trazer conforto num dia frio, não é? Ao planejar o cardápio de sua festa, aposte em pratos quentes e mais encorpados, como carnes com molhos e massas, por exemplo. Caldos e sopas também são uma ótima opção e podem ser servidos como entrada.

Bebidas quentes (ou que possam ser consumidas sem gelo) também são bem-vindas! Vinhos, licores e whisky são uma boa aposta. E por que não pegar carona nas festas juninas e servir bebidas típicas, como vinho quente e quentão? Elas têm tudo a ver com esta época do ano e, com certeza, fariam sucesso.


Trajes

Para os homens, casar no inverno não é um grande problema no que diz respeito à roupa, afinal, os trajes masculinos mais utilizados em casamentos são compostos por camisas de manga longa, paletós ou blazers.

Já para as noivas, a dica é apostar em vestidos com mangas compridas ou ¾, e que sejam feitos de tecidos mais encorpados, como cetim e tafetá.

E a lista de presentes?

É claro que este detalhe tão importante não poderia ficar de fora! Ao planejar a sua lista de presentes, você também pode adicionar itens para deixar sua casa mais aconchegante nesta época do ano, como aquecedores, edredons, cafeteiras e, até mesmo, um aparelho de fondue (afinal, nada melhor do que curtir o friozinho no conforto do nosso lar, né?). Essas e muitas outras opções estão disponíveis no site do Ponto. Lá, você pode criar sua lista de presentes com facilidade, e o melhor: sem sair de casa!

[ssba]
Datas

Bodas de casamento: Datas para celebrar a união

Por Paula Merllo

Um relacionamento é marcado por vários momentos especiais que costumam ficar gravados na memória, não é mesmo? O primeiro beijo, a data em que começaram a namorar e o pedido de casamento são alguns exemplos de acontecimentos marcantes que ajudam a contar a história de um casal. E, para os que já são casados, há ainda o aniversário de casamento, também chamado de “bodas”. Aliás, você conhece a origem e o significado desta comemoração?

O termo “boda” (normalmente utilizado no plural) vem do latim vota, que significa “promessa”. Desta forma, a palavra remete aos votos matrimoniais feitos no dia do casamento.

mãos noivos dedos entrelaçados

Segundo historiadores, as comemorações de bodas de casamento surgiram na Alemanha, durante a Idade Média. Naquela época, os casais que completavam 25 e 50 anos de união ganhavam coroas de prata e de ouro, respectivamente. Não à toa, as Bodas de Prata e de Ouro são as mais conhecidas e comemoradas, nos dias atuais.

Com o passar do tempo, esta tradição foi absorvida e adaptada por outras culturas, que passaram, também, a acrescentar outros símbolos para cada ano de matrimônio. De modo geral, a ideia é que, quanto mais tempo de união, mais resistente seja o material que simboliza as bodas. O aniversário de 1 ano de casamento, por exemplo, recebe o nome de Bodas de Papel, um material frágil, que necessita de cuidado e delicadeza ao ser manuseado. Já as bodas de 100 anos são simbolizadas pelo Jequitibá, uma árvore de raízes profundas e grandes dimensões.

Mais recentemente, surgiram também títulos para as comemorações dos primeiros 11 meses de casamento. Afinal, o amor merece ser comemorado sempre, não é? Como os primeiros meses costumam ser uma fase leve, de “encanto” entre os recém-casados, essas bodas possuem símbolos mais divertidos. Muitas delas levam nomes de doces.

Infográfico datas celebração bodas

Confira a seguir a lista completa:

  • 1 mês – Bodas de Beijinhos
  • 2 meses – Bodas de Sorvete
  • 3 meses – Bodas de Algodão Doce
  • 4 meses – Bodas de Pipoca
  • 5 meses – Bodas de Chocolate
  • 6 meses – Bodas de Plumas
  • 7 meses – Bodas de Purpurina
  • 8 meses – Bodas de Pompom
  • 9 meses – Bodas de Maternidade
  • 10 meses – Bodas de Pintinhos
  • 11 meses – Bodas de Chicletes
  • 01 ano – Bodas de Papel
  • 02 anos – Bodas de Algodão
  • 03 anos – Bodas de Couro ou Trigo
  • 04 anos – Bodas de Flores, Frutas ou Cera
  • 05 anos – Bodas de Madeira ou Ferro
  • 06 anos – Bodas de Açúcar ou Perfume
  • 07 anos – Bodas de Latão ou Lã
  • 08 anos – Bodas de Barro ou Papoula
  • 09 anos – Bodas de Cerâmica ou Vime
  • 10 anos – Bodas de Estanho ou Zinco
  • 11 anos – Bodas de Aço
  • 12 anos – Bodas de Seda ou Ônix
  • 13 anos – Bodas de Linho ou Renda
  • 14 anos – Bodas de Marfim
  • 15 anos – Bodas de Cristal
  • 16 anos – Bodas de Safira ou Turmalina
  • 17 anos – Bodas de Rosa
  • 18 anos – Bodas de Turquesa
  • 19 anos – Bodas de Cretone ou Água Marinha
  • 20 anos – Bodas de Porcelana
  • 21 anos – Bodas de Zircão
  • 22 anos – Bodas de Louça
  • 23 anos – Bodas de Palha
  • 24 anos – Bodas de Opala
  • 25 anos – Bodas de Prata
  • 26 anos – Bodas de Alexandrita
  • 27 anos – Bodas de Crisoprásio
  • 28 anos – Bodas de Hematita
  • 29 anos – Bodas de Erva
  • 30 anos – Bodas de Pérola
  • 31 anos – Bodas de Nácar
  • 32 anos – Bodas de Pinho
  • 33 anos – Bodas de Crizopala
  • 34 anos – Bodas de Oliveira
  • 35 anos – Bodas de Coral
  • 36 anos – Bodas de Cedro
  • 37 anos – Bodas de Aventurina
  • 38 anos – Bodas de Carvalho
  • 39 anos – Bodas de Mármore
  • 40 anos – Bodas de Esmeralda
  • 41 anos – Bodas de Seda
  • 42 anos – Bodas de Prata dourada
  • 43 anos – Bodas de Azeviche
  • 44 anos – Bodas de Carbonato
  • 45 anos – Bodas de Rubi
  • 46 anos – Bodas de Alabastro
  • 47 anos – Bodas de Jaspe
  • 48 anos – Bodas de Granito
  • 49 anos – Bodas de Heliotrópio
  • 50 anos – Bodas de Ouro
  • 51 anos – Bodas de Bronze
  • 52 anos – Bodas de Argila
  • 53 anos – Bodas de Antimônio
  • 54 anos – Bodas de Níquel
  • 55 anos – Bodas de Ametista
  • 56 anos – Bodas de Malaquita
  • 57 anos – Bodas de Lápis-lazúli
  • 58 anos – Bodas de Vidro
  • 59 anos – Bodas de Cereja
  • 60 anos- Bodas de Diamante
  • 61 anos- Bodas de Cobre
  • 62 anos- Bodas de Telurita
  • 63 anos- Bodas de Sândalo ou Lilás
  • 64 anos- Bodas de Fabulita
  • 65 anos- Bodas de Platina
  • 66 anos- Bodas de Ébano
  • 67 anos- Bodas de Neve
  • 68 anos- Bodas de Chumbo
  • 69 anos- Bodas de Mercúrio
  • 70 anos- Bodas de Vinho
  • 71 anos- Bodas de Zinco
  • 72 anos- Bodas de Aveia
  • 73 anos- Bodas de Manjerona
  • 74 anos- Bodas de Macieira
  • 75 anos- Bodas de Brilhante
  • 76 anos- Bodas de Cipestre
  • 77 anos- Bodas de Alfazema
  • 78 anos- Bodas de Benjoim
  • 79 anos- Bodas de Café
  • 80 anos- Bodas de Nogueira ou Carvalho
  • 81 anos- Bodas de Cacau
  • 82 anos- Bodas de Cravo
  • 83 anos- Bodas de Begônia
  • 84 anos- Bodas de Crisântemo
  • 85 anos- Bodas de Girassol
  • 86 anos- Bodas de Hortênsia
  • 87 anos- Bodas de Nogueira
  • 88 anos- Bodas de Pêra
  • 89 anos- Bodas de Figueira
  • 90 anos- Bodas de Álamo
  • 91 anos- Bodas de Pinheiro
  • 92 anos- Bodas de Salgueiro
  • 93 anos- Bodas de Imbuia
  • 94 anos- Bodas de Palmeira
  • 95 anos- Bodas de Sândalo
  • 96 anos- Bodas de Oliveira
  • 97 anos- Bodas de Abeto
  • 98 anos- Bodas de Pinheiro
  • 99 anos- Bodas de Salgueiro
  • 100 anos- Bodas de Jequitibá

Mais do que a comemoração, a importância dessas datas está em relembrar os motivos pelos quais o casal se uniu e celebrar cada uma das fases pelas quais já passaram juntos. E lembre-se: comemorações nem sempre precisam incluir festas ou presentes. Muitas vezes, a melhor forma de celebrar uma união é simplesmente demonstrar amor e admiração pela pessoa que está ao seu lado!

[ssba]
Dicas

Cerimônias virtuais: uma nova tendência em casamentos

Por Paula Merllo

Maio é conhecido como o “mês das noivas”. Não se sabe, ao certo, qual é a origem desta tradição. Ela pode estar ligada ao início da primavera no Hemisfério Norte ou, também, à influência da Igreja Católica, já que este é considerado o mês da consagração de Maria (mãe de Jesus). Mas, o fato é que maio continua sendo um dos meses mais escolhidos para a realização de casamentos. E, com a continuidade da pandemia do COVID-19, um formato específico de cerimônia tem sido cada vez mais adotado pelos casais: o casamento online.

A tendência das cerimônias com transmissão virtual e ao vivo surgiu como uma alternativa para os casais celebrarem seus casamentos respeitando as medidas de distanciamento e isolamento social que os tempos atuais exigem. Mas, tudo indica que elas continuarão sendo uma opção mesmo após o fim da pandemia, já que permitem o compartilhamento deste momento especial com entes queridos que não podem comparecer ao evento pessoalmente (como convidados que moram longe ou que estejam com a saúde fragilizada, por exemplo).

Um casamento virtual pode ser realizado de diferentes formas. O casal pode escolher um convidado de confiança para ficar responsável pela transmissão em tempo real, contratar uma equipe profissional ou, ainda, fazer tudo no estilo “DIY” (abreviação da expressão em inglês “Do it yourself”, que é traduzida como “Faça você mesmo”).

Seja qual for a maneira escolhida, alguns itens precisam ser providenciados para possibilitar a transmissão. São eles:

  • Celular, tablet ou computador com câmera;
  • Conexão de Internet (é importante verificar a velocidade e a qualidade do sinal no local em que a cerimônia será realizada);
  • Microfone (o uso de um microfone externo pode ajudar a diminuir ruídos indesejados, que muitas vezes são captados pelos microfones dos celulares ou computadores);
  • Carregador e bateria;
  • Um serviço de transmissão ao vivo (Zoom, Google Meet e Microsoft Teams são algumas das opções disponíveis atualmente).

Além dos itens básicos, alguns procedimentos também podem ajudar a garantir que a transmissão ocorra sem nenhum imprevisto. Olha só:

  • Envie o link da transmissão com antecedência para os convidados, para que eles possam se preparar;
  • Providencie a montagem do equipamento (câmera, tripé, celular, etc.) sobre uma superfície estável;
  • Teste a conexão com a Internet e a transmissão ao vivo de vídeo e áudio;
  • Inicie a transmissão alguns minutos antes do começo da cerimônia, assim os convidados terão tempo de se conectar sem perder nenhuma parte do evento.

No Ponto, você poderá encontrar todos esses itens para produzir a sua cerimônia virtual. Lá, há vários modelos de câmeras digitais, smartphones, incluindo alguns que fazem vídeos em 4K, e acessórios, como tripés e microfones.

Com estas dicas e um pouco de criatividade, um casamento online pode ser tão inesquecível quanto uma cerimônia tradicional, tanto para os noivos como para os convidados!

[ssba]
  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. 4
  5. 5
  6. ...